Dor de cabeça: cefaleias e enxaqueca

Neste artigo vamos explorar de forma breve as principais diferenças entre as dores de cabeça e quais delas são indicadas para o tratamento de quiropraxia.



A cefaleia, mais popularmente conhecida como dor de cabeça, é uma queixa muito comum entre a maioria das pessoas. É uma condição que acaba afetando negativamente a vida do indivíduo, uma vez que o desconforto afeta a qualidade de vida e rotina diária.


Estudos mostram que prevalência global de cefaleia é estimada em 52%.

As cefaleias mais comuns são a enxaqueca, a cefaleia do tipo tensional e a cefaleia cervicogênica. Abaixo algumas informações e características de cada uma delas:


Enxaqueca


  • dor unilateral;

  • pulsátil;

  • intensidade moderada a severa;

  • fotofobia e fonofobia.

Normalmente com fatores desencadeantes como estresse, alterações hormonais, mudanças climáticas, distúrbios do sono, álcool e alimentação, entre outros. Podendo ser acompanhada por sensibilidade a luz, som, náuseas e vômitos. É mais prevalente entre mulheres, com pico de prevalência entre 30 e 50 anos.


Cefaleia tipo tensional


  • dor bilateral;

  • dor em "aperto", pressão normalmente na região temporal e/ou frontal;

  • episódica ou crônica;

  • fotofobia ou fonofobia (uma ou outra pode estar presente).

A cefaleia tensional também afeta em sua maioria mulheres, tem origem multifatorial, muito ligada ao aumento de fatores de estresse e tensão. Sua intensidade costuma ser menos intensa que a enxaqueca e não está associada com náuseas. Estudos mostram que indivíduos com cefaleia tensional referem prejuízos funcionais devido ao quadro de dor, e os que apresentam essa condição de forma crônica perdem mais dias de trabalho do que os pacientes com a queixa episódica.


Cefaleia cervicogênica


  • dor de cabeça ou facial associada com acometimento do pescoço

  • dor unilateral;

  • dor localizada na região cervical e occipital (nuca), irradiando até a região frontal

  • Agravada por movimentos cervicais ou postura


No caso da cefaleia cervicogênica, sua origem está relacionada com alterações das vértebras cervicais, um ponto importante é que o movimento do pescoço está diretamente relacionado com a piora da dor de cabeça, nesse caso. Essa condição pode alterar a postura cervical e também limitar os movimentos do pescoço e pode ser confundida com a enxaqueca devido a semelhança dos sintomas.


Quiropraxia e as dores de cabeça


Todos os tipos de dores de cabeça têm como um componente gatilho o estresse, todas elas vão ter um aumento de tensão na região cervical e trapézio, tendo assim benefícios com o tratamento de quiropraxia. Mas há um ranking de eficácia:



  1. A Cefaleia Cervicogênica é a que tem maior resultado com a quiropraxia, não é pouco comum vermos em nossa clínica as crises de dor de cabeça cessarem completamente quando esta é a origem.

  2. A Cefaleia Tipo Tensional, também tem excelente resultado com a quiropraxia, reduzindo sua intensidade e principalmente sua frequência.

  3. Nas enxaquecas a quiropraxia ajuda a reduzir a intensidade da crise e também quando fazemos a sessão num momento de crise ela tende a ser mais curta do que o habitual. E de uma forma geral, se o paciente tem como desencadeador da enxaqueca episódios de tensão e estresse a quiropraxia também auxiliará no longo prazo para que as crises sejam menos frequentes e intensas, reduzindo o uso de medicamentos.

Se você mora no Rio de Janeiro, marque sua consulta e venha nos conhecer!

21 3563-5668 / 97007-8503



1 visualização0 comentário